CELEBRE O AMOR!

   Tudo bem que todo dia é dia de brindar o fato de "estar namorando", porém hoje é o dia que foi escolhido para comemorarmos tal fato, primeiramente é válido lembrar de alguns ensinamentos, amor  são palavras, é respeito, cuidado, carinho, afeto, verdade, "mentira", bondade, proteção, entrega, anulação ... E dá-lhe reticências, porque amor é muito mais que isso. Amor é amar e ser amado, amor é não atribuir o "porque amo alguém?" porque a partir do momento que fazemos tal atribuição, não é amor, amor é se amar, amor é sorrir frouxo, é parar e ficar olhando, é ter paciência, é aquele friozinho na barriga, ah, o amor.
    Sempre que vejo casais que me fazem sentir o amor, eu penso: "Nesse existe amor." e um dos motivos que me fez escolher o casal para a matéria de hoje foi isso, poderia escolher trocentos casais, de relacionamentos homoafetivos, de relacionamentos heterossexuais, mas o motivo more para eu escolhesse esse casal foi sentir o amor entre os dois.
   Vou contar um pouquinho da história dos dois pra vocês, ou melhor, vou deixar que eles mesmos façam isso:


Meu nome é Bianca, tenho 22 anos, sou estudante de Design de Moda, trabalho como estilista da linha masculina de uma marca carioca. Sou leonina, agitada, ansiosa, criativa, muito vaidosa, amo e me entrego intensamente e tento levar a vida com bom humor sempre.



Dayvid Gonçalves, 25 anos – sou fotógrafo profissional a mais ou menos dois anos. Amo música, ouço de tudo; sou perfeccionista; sou indeciso (muita coisa); sociável por natureza (desde que o ambiente seja sociável). Amo a natureza. Já falei que amo música?! Ah, e quero aprender a surfar um dia.

Agora vamos vê-los como um:


Perguntei a Bianca como eles se conheceram e o que o Dayvid à ensinou ao longo do relacionamento e ela disse:
 " Eu fui apresentada ao Dayvid em um photo shooting, porém não passou de uma apresentação formal e achei que nunca mais fosse vê-lo. Um ano depois a marca em que eu trabalhava precisou de um fotógrafo, eu estava de bobeira no facebook e vi que alguém tinha curtido uma publicação dele então me lembrei do tal fotógrafo e o indiquei para fazer os look books semanais que eu produzia nessa marca. Começamos a trabalhar juntos aos sábados e a conversa era tão boa que viramos amigos, a essa altura eu já estava super interessada nele e como eu sempre falo: Quando ele me pediu o meu whatsapp, eu pensei: Pronto peguei! hahahah. Ficamos pela primeira vez em um show e depois disso nunca mais nos desgrudamos, tanto que não temos data de pedido de namoro, contamos a partir do dia que nos beijamos pela primeira vez.

Mesmo que involuntariamente, meu namorado me ensinou que eu tenho que me amar e não preciso pedir amor para ninguém, isso vem sem você pedir, é natural. O Dayvid está junto comigo pra tudo, é meu parceiro me ajuda muito em tudo que eu preciso e eu sinto que isso é de coração, é natural, não tem cobrança, não tem intensão de retorno."


Fiz as mesmas perguntas ao Dayvid e ele me disse: 
  " A primeira vez que eu vi a Bianca foi quando ela apareceu em um trabalho que eu estava fazendo em um estúdio de tatuagem. Não chegamos a trocar ideia nem nada. 
Foi tudo muito rápido eu acho, ela entrou e saiu. Nem oi nem nada. 
Acho curioso lembrar disso porque percebemos o quanto um 'pequeno detalhe' pode ser tão importante logo adiante. É como esbarrar em alguém e anos depois acabar casado com essa pessoa sem nem lembrar que o primeiro contato foi como dois completos estranhos. Isso porque ninguém nos apresentou em toda nossa história; se apresentou nesse dia eu nem lembro. Foi um flash rsrs
Um bom tempo depois desse trampo ela precisou de um fotógrafo pra indicar no lugar onde ela trabalhava e lembrou de mim. Fiz a entrevista lá e acabou dando certo.  No começo ela nem falava comigo (mal educada pra car#%@!). Mas com um tempo, conversávamos mais do que trabalhávamos. Puts! Conversava de tuuuudo! Um trabalho de meia hora passou a levar algumas horas.  E como era apenas aos sábados, "surgiu a necessidade" de falar durante a semana também. Óbvio que eu inventei um motivo qualquer e peguei o número dela ;) Aí já era! Papo o dia tooodo, todo dia pelo whatsapp - Bom dia e boa noite sempre! Até saímos algumas vezes sem rolar nada. Naquele momento eu já curtia muito a companhia dela, uma sintonia absurda! Chegamos a virar a noite conversando. Até que um dia, inevitavelmente, tomei a iniciativa. Finalmente! haha
Realmente eu tinha medo de perder aquela amizade se desse errado por algum motivo. Mas deu muito certo!
   Aprendi muito com a Bianca nesses quase 2 anos juntos, tanto pelo lado pessoal como pelo profissional também. Devo muito à ela pelo que me tornei hoje. Muito mesmo! rsrs
Algo que aprendi e na verdade continuo aprendendo, é ter determinação nas coisas.
Ela pode falar vez ou outra que é preguiçosa, mas quando decide fazer alguma coisa, faz pra valer!
Não tem essa de simplicidade, 'meia boca'. É uma criatividade e disposição absurda!
- É pra fazer, então faz bem feito!
- Mas amor, não precisa...
- Sai! Me dá! Deixa comigo!

É isso.
Eu namoro minha melhor amiga. É mais ou menos isso que nos define.
Cara, que sorte a minha!"

  Então, percebamos as diferenças dos dois e como ambos se amam e assim levam a vida juntos, tenho certeza que um dia ei de ver esse casal de namorados se tornando marido e mulher, pois é, é assim que a vida acontece. Vamos nos apaixonar mais um pouco por eles?


















E é isso, agora,  é hora de celebrar o amor! Feliz dia dos namorados a todos!
Até a próxima, Rayan M.

Ps. Se não tem um amor pra chamar de "seu" vamos procurar, se já está procurando não desista, vai que o destino coloca uma Bianca ou um Dayvid na sua vida!



Nenhum comentário

Postar um comentário

 

Próximo Look © 2014 LAYOUT POR MAYARA SOUSA