SOBRE A ENTREVISTA DE BRUCE JENNER

Antes conhecido como um atleta olímpico americano, hoje padrasto das Kardashians, à partir de agora um herói.


Foi ao ar na noite desta sexta-feira (24), a tão aguardada entrevista de Bruce Jenner à apresentadora Diane Sawyer. Confirmando nossas expectativas, Bruce abriu o jogo real sobre o processo de mudança de sexo, pelo qual vem atravessando há anos.


 “Sim, eu sou uma mulher”. O tema transgênero tem sido cada vez mais discutido pela sociedade, mais do que o preconceito (que ainda, infelizmente, é enorme), as pessoas tem muitas dúvidas e acho isso natural, mas depois da entrevista de Bruce Jenner, muita coisa mudou e isso é só o começo, pois em julho Bruce lança uma docusérie que mostrará toda a sua transição.

 Com isso, de forma franca e honesta, Bruce usou da sua notoriedade pra trazer o tema à tona e a tv americana mostrou no horário nobre algo que deve ser debatido e desmitificado, e assim foi.
Também disse que essa foi a última entrevista com o nome de Bruce, ele não revelou a nova identidade e também prefere ainda ser chamado com pronome masculino, mas à partir de agora será visto como – e com roupa de – mulher. Ainda acrescentou que não sabe se fará a operação de redesignação sexual (se fizer, ninguém saberá) e que quer aproveitar esses próximos anos se (re)conhecendo. 


 A surpresa ficou por conta da reação Khloé, ele disse que ela foi a que mais teve dificuldade em aceitar a transição, compreensível, visto que a notícia foi dada na época do seu contubardo divórcio e ela via no Bruce sua maior “figura” masculina. Mas o que importa é que no final todas apoiam e admiram sua força e braveza em encarar uma sociedade tão preconceituosa e desigual.
Entre as mensagens deixadas pelos filhos e as duas primeiras mulheres, a única que não quis comentar durante a entrevista foi a Kris Jenner. O que se especula é que ela não aceitou ele do jeito que era e resolveu se separar. Olhando assim podemos “julgar” o egoísmo e insensibilidade, mas também podemos imaginar o baque inicial.
Eu não tenho mais curiosidade em saber qual é seu novo nome, se começará com K ou J ou qualquer letra do alfabeto, a lição de vida, de força e de coragem falam mais alto que qualquer coisa. Como dito na entrevista, Bruce não é só um atleta, mas um herói e guerreiro pra encarar, mostrar e ensinar sobre igualdade. Obrigada por compartilhar sua vida com a gente. (thereza chammas)
Então, espero que vocês tenham gostado da entrevista assim como eu, beijos.
David Tostes!


Nenhum comentário

Postar um comentário

 

Próximo Look © 2014 LAYOUT POR MAYARA SOUSA